Amarante do Maranhão 16 de Agosto de 2018

Tamanho da Fonte: A+ | zerar | A-

Prefeitura de Amarante realiza blitz educativa contra o trabalho infantil

Iniciativa acontece em alusão ao Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil, comemorado em 12 de junho.



Na manhã desta quarta-feira (13), a Prefeitura de Amarante, por intermédio da Secretaria Municipal de Assistência Social, realizou na Feira do Produtor Rural, uma blitz educativa de combate à exploração do trabalho infantil. Servidores da secretaria, juntamente com membros do Conselho Tutelar panfletaram no local, fazendo um intenso trabalho de conscientização, com os donos de barracas, pedestres e condutores de veículos, buscando assim sensibilizar e chamar a atenção da população a se engajar no enfretamento dessa prática.

De acordo com a secretária da pasta, Fátima Jorgina, atividades como essa têm como objetivo colaborar com a erradicação e prevenção do trabalho infantil no município. “Estamos aqui hoje fazendo essa mobilização em um local estratégico, onde circulam um grande número de pessoas e passam muitos veículos, afim de que a gente possa conscientizar e porque não dizer orientar, a nossa comunidade sobre o quanto é prejudicial nossas crianças terem seus direitos violados, no que diz respeito a pratica do trabalho infantil”, explicou Jorgina.

Ela falou ainda que independente do 12 de Junho ( Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil) , a secretaria de Assistência Social, desenvolve durante todo o ano, por meio de seus mais diversos programas, várias ações que têm como foco assegurar e garantir os direitos das crianças e adolescentes do município. “ Nós acreditamos que com um trabalho continuo e bem executado conseguiremos conscientizar nossa população sobre os riscos e prejuízos causados pelo trabalho infantil, bem como incentivar a denúncia”, concluiu a secretária.

Sobre o 12 de Junho

Esse dia foi instituído pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), no ano de 2002, com o intuito de conscientizar a sociedade, trabalhadores, empregadores e governos do mundo todo contra a prática do trabalho infantil.

(Fonte: ASCOM/PMA)